Associação Pais em Rede

Pais em Rede

A Associação Pais em Rede tem estabelecida uma parceria formal com a ANIP e com a Universidade de Aveiro, no âmbito do Projeto Im2. A participação ativa dos Pais em Rede no projeto tem como relevância o contributo dos pais como parceiros no âmbito da intervenção precoce. Assim, em cada um dos Seminários, Formação e Sessões de Lançamento e Encerramento do Projeto, participará uma família/voluntário para partilhar a sua visão sobre a importância das boas práticas. Além disso, o representante dos PeR tem também um papel fundamental na conceção da formação e seminários.

O envolvimento de famílias de crianças na IPI em ações de formação e seminários de sensibilização permitirá reforçar a mensagem acerca da luta pela aceitação e inclusão dos seus filhos, permitindo um testemunho crucial junto dos profissionais e comunidade.

informações

Universidade de Aveiro

A Universidade de Aveiro tem estabelecida uma parceria formal com a ANIP e com a Associação Pais em Rede, no âmbito do Projeto Im2. A participação ativa da Universidade de Aveiro no projeto é fundamental no apoio ao processo de criação de um Modelo de Supervisão/monitorização das práticas das ELI e na elaboração de um guião para garantir a manutenção dos padrões de qualidade das práticas de IPI. Além disso, tem também um papel fundamental na conceção da formação e seminários e participa nas Sessões de Lançamento e Encerramento do Projeto. Disponibiliza espaço para a realização dos seminários e sessões de lançamento e encerramento do projeto.

informações

Universidade de Aveiro

Sistema Nacional de Intervenção Precoce

SNIPI

Todo o projeto Im2 se desenvolve em estreita colaboração com o SNIPI. O SNIPI está representado no Conselho de Parceiros do Projeto através da participação de um membro da Comissão de Coordenação Nacional (Dr. José Boavida), do Gabinete de Apoio Técnico (SNIPI-GAT) e de um representante por cada Subcomissão Regional, nomeadamente: da região Norte (Dra. Conceição Menino), Centro (Dr. Frederico Duque), Lisboa e Vale do Tejo (Dra. Teresa Nunes Marques), Alentejo (Dra. Cristina Miranda) e Algarve (Dra. Filomena Rosa).

Todas as ações planificadas no projeto serão desenvolvidas em proximidade com os Núcleos de Supervisão Técnica (NST) e as Equipas Locais de Intervenção (ELI) existentes no Sistema.

informações